Baseado em 23 artigos que abordam aspectos diferentes da relação entre liberdade de expressão e liberdade de imprensa, o livro tem cinco capítulos que foram organizados em torno de subtemas específicos: “O ensinamento dos clássicos”, “O ponto de vista dos empresários”, “A posição das ONGs”, “Questões em Debate”, e “As Decisões Judiciais”.

 

“O centro dos ensaios reunidos no livro de Venício Lima está em mostrar o desacordo entre as teses de autores clássicos republicanos como Thomas Paine e Thomas Jefferson e do liberal cívico John Stuart Mill com a tese liberal do “mercado de ideias”, que sustenta as posições argumentativas da mídia empresarial brasileira. Venício Lima mostra com propriedade como esses autores estão bem longe de ser arautos dessa tradição liberista ou economicista da liberdade de expressão. Preocupam-se centralmente, assim como John Milton, autor republicano de outro clássico, Areopagítica (1644), com a formação de uma opinião pública cidadã livre. O livro de Venício Lima traduz a inteligência pública de um intelectual informado e com uma reconhecida erudição na área” - Juarez Guimarães (professor de ciência política da UFMG).

 

Autor: Venício A. de Lima 

 
Liberdade de Expressão X Liberdade da imprensa – 2° edição revista e ampliada
R$35,00
Liberdade de Expressão X Liberdade da imprensa – 2° edição revista e ampliada R$35,00

Baseado em 23 artigos que abordam aspectos diferentes da relação entre liberdade de expressão e liberdade de imprensa, o livro tem cinco capítulos que foram organizados em torno de subtemas específicos: “O ensinamento dos clássicos”, “O ponto de vista dos empresários”, “A posição das ONGs”, “Questões em Debate”, e “As Decisões Judiciais”.

 

“O centro dos ensaios reunidos no livro de Venício Lima está em mostrar o desacordo entre as teses de autores clássicos republicanos como Thomas Paine e Thomas Jefferson e do liberal cívico John Stuart Mill com a tese liberal do “mercado de ideias”, que sustenta as posições argumentativas da mídia empresarial brasileira. Venício Lima mostra com propriedade como esses autores estão bem longe de ser arautos dessa tradição liberista ou economicista da liberdade de expressão. Preocupam-se centralmente, assim como John Milton, autor republicano de outro clássico, Areopagítica (1644), com a formação de uma opinião pública cidadã livre. O livro de Venício Lima traduz a inteligência pública de um intelectual informado e com uma reconhecida erudição na área” - Juarez Guimarães (professor de ciência política da UFMG).

 

Autor: Venício A. de Lima