Este livro não é uma biografia, nem contém crítica musical. É um livro de histórias, que tem como guia a trajetória de três músicos: Sérgio Dias, Arnaldo Baptista e Dinho Leme. Os Mutantes. Três vidas que se misturam às vidas de toda uma geração que floresceu na década de 1960 e adentrou os anos 70. Anos de contestação, de repressões violentas e de explosão cultural jamais vista. Geração que experimentou todas as sensações: sexo livre, drogas e, é claro, muito rock’n’roll.

 

Muitos ídolos dessa geração morreram de overdose, como Janis Joplin e Jimi Hendrix. Alguns enlouqueceram, outros desistiram. E os que sobreviveram? Como são os avós, pais, maridos, profissionais dessa época, hoje? Será que o discurso que tanto condena os excessos não é o mesmo que castra as novas gerações, que tanto pecam pelo conformismo e adequação ao famigerado mercado?

 

Permita-se ouvir o que esses sessentões têm a nos dizer com sua música e sua maneira de viver e encarar o mundo. No interior dessas páginas, vamos falar de histórias de vida, de superação, de reencontros. Tudo regado ao melhor rock’n’roll do mundo. 

 

Senhoras e senhoras, com vocês, o que sempre pareceu impossível: A Volta dos Mutantes.

Autora: Paula Chagas Autran

 

A Volta dos Mutantes

R$9,90
A Volta dos Mutantes R$9,90

Este livro não é uma biografia, nem contém crítica musical. É um livro de histórias, que tem como guia a trajetória de três músicos: Sérgio Dias, Arnaldo Baptista e Dinho Leme. Os Mutantes. Três vidas que se misturam às vidas de toda uma geração que floresceu na década de 1960 e adentrou os anos 70. Anos de contestação, de repressões violentas e de explosão cultural jamais vista. Geração que experimentou todas as sensações: sexo livre, drogas e, é claro, muito rock’n’roll.

 

Muitos ídolos dessa geração morreram de overdose, como Janis Joplin e Jimi Hendrix. Alguns enlouqueceram, outros desistiram. E os que sobreviveram? Como são os avós, pais, maridos, profissionais dessa época, hoje? Será que o discurso que tanto condena os excessos não é o mesmo que castra as novas gerações, que tanto pecam pelo conformismo e adequação ao famigerado mercado?

 

Permita-se ouvir o que esses sessentões têm a nos dizer com sua música e sua maneira de viver e encarar o mundo. No interior dessas páginas, vamos falar de histórias de vida, de superação, de reencontros. Tudo regado ao melhor rock’n’roll do mundo. 

 

Senhoras e senhoras, com vocês, o que sempre pareceu impossível: A Volta dos Mutantes.

Autora: Paula Chagas Autran